Slide background

Bailei na Curva

A peça mostra a trajetória de sete crianças, vizinhas na mesma rua em abril de 1964. Como pano de fundo, impõe-se uma forte realidade: um golpe militar num país democrático da América Latina. Durante o desenvolvimento da história, vai-se desenhando um painel dos usos, costumes e pensamento da sociedade brasileira na segunda metade do século XX.

news experimenta teatro horizontal 2

 

 

  Festival de Inverno Experimenta Teatro é uma realização do complexo criativo Cômica Cultural em parceria com o Khaos Coletivo, que busca a ocupação artística do teatro do Instituto Ling e sua afirmação como um novo espaço cultural na cidade. A curadoria, formada pelo núcleo criativo da Cômica Cultural, selecionou cinco espetáculos teatrais: Como Sobreviver ao fim do mundo, Toda criança que fui, Stand Up Drama, Beckett Bion: o Gêmeo Imaginário e Viral. Os dois primeiros são direção de Kevin Brezolin, e fazem parte do Khaos Coletivo. Beckett Bion: o Gêmeo imaginário é direção de Julio Conte. Stand Up Drama, direção de Bob Bahlis e Viral, direção de Denis Gosch, um espetáculo oriundo do Teatro Sarcáustico. Todas as produções tem algo em comum: o caráter experimental na construção de novas linguagens cênicas. O intercâmbio entre o clássico e o contemporâneo. Cada espetáculo possui sua especificidade, com sua própria poética, e busca romper com as maneiras tradicionais da construção narrativa. Espetáculos sensoriais, que criam uma nova forma do fazer teatral que combine com os nossos tempos. Uma programação intensa de julho a agosto configura o festival, que terá sessões sempre sextas e sábados as 20 horas e nos domingos, as 18 horas. O valor do ingresso será 30 reais (com meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos e deficientes físicos).

http://www.institutoling.org.br/index.php/programac-o-cultural/artes-cenicas.html    

   Na última apresentação de cada espetáculo, ao final deste, haverá uma mesa redonda com intelectuais da cidade. O projeto “DIÁLOGOS EXPERIMENTAIS” se propõe a estimular o intercâmbio artístico entre obra e público, fortalecendo a ligação entre os dois e fomentar o debate acerca da obra  expandindo a reflexão para outras áreas do conhecimento, como a literatura, as artesvisuais, a música, filosofia e psicanálise. O seminário contará com a participação do elenco e de um convidado especial, contando ainda com a participação do público. PROGRAMAÇÃO JULHO DE 2015 10, 11,12 – STAND UP DRAMA17, 18 e 19 – TODA CRIANÇA QUE FUI24, 25 e 26 – TODA CRIANÇA QUE FUI AGOSTO DE 2015 31/07, 01 e 02 – VIRAL14, 15 e 16 – COMO SOBREVIVER AO FIM DO MUNDO 21, 22 e 23 – COMO SOBREVIVER AO FIM DO MUNDO 28, 29 e 30 – BECKETT & BION – O GÊMEO IMAGINÁRIO  

 

 

novos cursos

De 13 a 17 de julho retorna a Porto Alegre o sensacional “Tempo, Espaço e Composição – o jogo rítmico do ator em conjunto”. Em março essecurso foi um sucesso absoluto.

Agora, o curso aterriza na capital gaúcha remodelado, mantendo suas estruturas fundamentais e agregando novas linhas de pesquisa. Uma fruição de sensibilidade, harmonia e movimento ministrados por um dos únicos profissionais nesse estado que mesclam o trabalho de Viewpoints com percussão corporal no Brasil: Adriano Basegio!

Maiores informações nos fones 51 3268-7016/8154-0682 ou no e-mail comicacultural@gmail.com. São apenas 12 vagas!

As dinâmicas rítmicas da cena teatral, a regência do corpo no tempo e no espaço e seu resultado na criação em conjunto. O corpo como instrumento rítmico/sonoro e criador de dramaturgia. A qualidade dramática do som e sua importância na criação de climas, atmosferas e ambiência da cena teatral. A narrativa cenográfica via jogo e manipulação de objetos concretos. Como público alvo estão atores, bailarinos, diretores, artistas plásticos, performers, músicos e todo aquele interessado na qualidade das formas e no pulsar da criação em conjunto dentro ou fora da cena.

No programa Viewpoints, percussão corporal, elementos de danças e ritmos orientais, muito jogo, cumplicidade e improvisação.

Tempo espaço e composição 07.15

Share: