Notícias

Oficina de Teatro para Adolescentes

13/03/2019 /

OFICINA DE TEATRO PARA ADOLESCENTES -

Ministrante: Fernanda Moreno

QUINTAS-FEIRAS DAS 14:30 as 16:30

CARGA HORÁRIA: 35 ENCONTROS - 70 HORAS/AULA

De 14 de março á 19 de dezembro

*férias de 12 de á 31 de julho

Fernanda Morenoé Mestre em Letras – Teoria da Literatura, (PUCRS); Especialista em Pedagogia da Arte (UFRGS) e Licenciada em Letras (PUCRS). Professora de teatro da escola de Teatro Cômica Cultural. Ministra o curso de extensão:  Oficina de Encenação da PUCRS  e ( Módulo: O Teatro do Absurdo) desde 2015.  Vencedora do II Festival de Esquetes da CCMQ, com O Retrato de Laura (2012). Vencedora de melhor espetáculo no Festival II Montenegro em Cena com a peça “Sonhos [Im] Possíveis”(2013).Vencedora de melhor curta - no festival Arte Movie –, com o curta: “ Manchando a reputação” (2015), Vencedora do prêmio melhor dramaturgia no festival Artinvento com o texto, “Dog Day”. Vencedora ( primeiro lugar) da Festival de esquetes – Instituto Histórico e geográfico ( 2017) com a esquete; “ Meu irmão o medo. Participou das Oficinas: “Curso de Formação do Ator” (2006) - Ministrantes: Roberto Oliveira; “Laboratório de Pesquisa e Montagem” (2008)-Ministrante: Júlio Conte; “O Ator e o Texto Módulos I e II” (2011) –Ministrante: Bob Bahlis. Workshop Teatro de Los Andes – Bolívia (2017) Oficina de Teatro de Rua, Ministrante: Povo da rua (2017).  Atuou nos seguintes espetáculos teatrais: O Último Carro (2006)- Direção: Roberto Oliveira; Dançarei Sobre Teu Cadáver (2008-2011) – Direção: Júlio Conte; Larissa Não Mora Mais Aqui (2010-2011)-Direção: Júlio Conte; Pílula de Vatapá (2011) -Direção: Júlio Conte; Fadas & Monstros (2011)- Direção: Bob Bahlis, Sonhos [Im]possíveis (2013)-Direção Patrícia Silveira. Como diretora teatral dirigiu os seguintes trabalhos: “Os Saltimbancos” (2012), “O hospede atrevido ou o brilhante escondido” (2013) através do projeto SESC Leitura em cena, “Os da minha rua” (2013), A Parte” (2014) e “Se chover abra a Janela” (2014), “Peças de ensaio” – (2015 e 2016), “Quem me dera ser onda” ( 2015) e “Dog Day” (2016 e 2017), este vencedor de dois prêmios e indicados em 12 categorias nos festivais “ Artinvento”, “Cena livre” ( Uruguaiana) e  Rosário em Cena.  Em parceria com Juliano Rabello, dirige o espetáculo "O Anexo Secreto" (2015-2017), foi uma das coordenadora do projeto – “Shaketes” – Shakesperare 400” do Instituto de Cultura – PUCRS (2016), fez assistência de direção no espetáculo “Hotel Rosashock” de Patsy Cecato (2016- 2017), Em 2017, premiada na categoria melhor texto original e melhor espetáculo  com a peça “ Diálogos em folhas em branco”, no festival de Viamão- FESTE, tendo ainda mais 6 indicações em diversas categorias  no mesmo evento. Assistente de direção da peça “ Latidos” de Júlio Conte (2018).

 

PROGRAMA:

Uma oficina de introdução que, através de jogos e improvisações, permite exercitar as regras da teatralidade, facilitando o auto-conhecimento, a desinibição,  criatividade e desenvolvimento de carisma pessoal. A professora, diretora, atriz e dramaturga Fernanda Moreno ministra há 6 anos esse projeto, do qual surgiram os espetáculos "Os da Minha Rua" (2013), "A Parte" (2014), "Quem me dera ser Onda" (2015), "Till" (2016), "Diálogos nas Folhas em Branco" (2017) e "As Zebras Escondem suas Cicatrizes" (2018). O núcleo de produção dos espetáculos apresentados tem como característica inscrever os os projetos em festivais. Diálogos nas Folhas em Branco foi premiado em 3 categorias no Festival de Viamão: melhor espetáculo adulto, dramaturgia para Fernanda Moreno e atriz para Amanda Fiore. Na edição de 2018 do Festival de Gravataí, foi contemplado com dramaturgia para Fernanda Moreno.

INVESTIMENTO

A Vista: R$ 1.710,00

Parcelado: 10 x de 190,00